Background.png

Catarata

Cirurgia-de-Catarata.png

O termo catarata é usado para descrever a opacidade do cristalino, usualmente faz parte do processo natural de envelhecimento.


Com a opacificação do cristalino a luz encontra dificuldade em alcançar a retina, o que ocasiona um embaçamento da visão. A retina é incapaz de transmitir imagem nítida ao cérebro e a visão é gradualmente deteriorada. Se a catarata não é removida, poderá ocasionar cegueira.
Um grande número de problemas podem causar catarata, mas o mais comum é a idade.

A catarata relacionada com a idade aparece como resultado de alterações dentro do cristalino. Em outros casos, um trauma ou batida sobre o olho podem ocasionar catarata traumática. As cataratas podem ser causadas pelo uso de drogas, exposição a produtos químicos ou excessiva radiação ultravioleta ou algumas doenças. Também algumas crianças podem nascer com catarata congênita como resultado de fatores pré-natais. Algumas cataratas podem se desenvolver durante a infância. Felizmente quase todas as cataratas podem ser removidas com sucesso e a visão recuperada através da microcirurgia moderna.

Sintomas

Como a catarata se forma em diversas maneiras, os sintomas podem variar. Muitas pessoas notam que sua visão gradualmente começa a piorar. Objetos começam a aparecer amarelados, embaçados ou distorcidos.


Muitas pessoas começam a perceber que necessitam de mais luz para poder enxergar claro.
 

Outros sintomas comuns são halos ao redor das luzes à noite, aumento da miopia, visão dupla ou aparecimento de pontos pretos ou sombras na visão. Em casos avançados a catarata pode ser vista no centro da pupila como uma mancha branca ou amarelada.

Microcirurgia Moderna para Catarata

A cirurgia é realizada com anestesia tópica, ou seja, com a simples instilação de colírio anestésico. 

A cirurgia de catarata moderna inicia de 2,2 mm. Normalmente é usado um tipo de incisão denominado de sem sutura. Este tipo de incisão é fechado por si mesmo ao final da cirurgia e cicatriza em algumas semanas, ou seja, sem necessidade de sutura.


Dependendo do tipo de lente intraocular utilizada pode-se ou não fazer sutura. Quando a sutura é usada, apenas 1 ponto é necessário para fechar a incisão.


Após a incisão ao lado da córnea ter sido realizada, o olho é preenchido com líquido viscoelástico, que mantém o globo ocular em sua forma e pressão. Com um pequeno instrumento o cirurgião faz uma abertura circular na cápsula anterior do cristalino, chamada capsulorexis.

A Facoemulsificação usa ondas de ultrassom de alta frequência, vibrando 40.000 vezes por segundo, que fragmenta a catarata em pequenos pedaços, que são aspirados para fora do olho.
A Facoemulsificação do cristalino por ultrassom é atualmente o método mais eficaz na remoção da catarata. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, laser não é usado para remover catarata. Podemos sim utilizar o laser de femtosegundo para realizar as incisões e para ajudar na fragmentação do cristalino, tornando a cirurgia mais precisa!


Uma vez a catarata ter sido removida, uma lente intraocular é colocada dentro da cápsula do cristalino, para reestabelecer o poder de foco do cristalino normal.


As lentes intraoculares são bem pequenas e são feitas para ficarem permanentemente dentro do globo ocular, sem causar qualquer tipo de rejeição. As lentes são fabricadas com diferentes graus, que são pré-determinados para cada paciente com o exame de biometria ultrassônica.
 

Confira no vídeo abaixo uma Cirurgia de Catarata com o uso do Laser de Femtosegundo:

Riscos e Benefícios da Cirurgia de Catarata

A cirurgia de catarata é hoje muito segura, com poucas complicações. Algumas complicações incluem infecção e hemorragia dentro do olho, descolamento da retina ou visão dupla permanente.


A incidência destas complicações é muito pequena, sendo 1 em 1.000 para hemorragias e 1 em 10.000 para infecção ocular. Normalmente estas complicações podem ser tratadas ou controladas durante ou após a cirurgia.


Normalmente, 99% dos pacientes operados de catarata recuperam a visão normal que tinham antes do aparecimento da catarata. Outras doenças oculares, podem interferir na qualidade da visão, mesmo que a cirurgia de catarata tenha sido realizada com sucesso.

Muitos são os benefícios que uma cirurgia de catarata pode proporcionar:

  • Melhora na visão de cores. As cores ficam mais vivas após a cirurgia;

  • Maior nitidez de visão: ela torna-se nítida e limpa;

  • Melhora na qualidade de vida: muitas pessoas podem voltar a dirigir, ganhando independência. Atividades favoritas como ler, costurar, ver televisão e mesmo usar computadores tornam-se fáceis após a cirurgia de catarata. Mesmo quando há problemas de retina associados, a melhora visual e bem significativa.

Tipos de Lentes Intraoculares

Extras - Consultório Portellinha-5.jpg

Contamos com vários tipos de lentes intraoculares que além de substituir o cristalino com catarata, pode trazer mais independência e qualidade visual aos pacientes, principalmente aqueles que sempre usaram algum tipo de correção óptica ao longo de sua vida.​

Atualmente contamos com os seguintes tipos de lentes intraoculares:

  • Monofocal esférica: proporciona independência visual apenas para longe;

  • Monofocal asférica: proporciona independência visual apenas para longe e melhora a qualidade da visão periférica;

  • Monofocal tórica: proporciona independência visual apenas para longe, ideal para quem tem astigmatismo;

  • Multifocal: proporciona independência visual para as distâncias longe e perto;

  • Multifocal tórica: proporciona independência visual para as distâncias longe e perto, além de ser ideal para quem tem astigmatismo e deseja melhorar sua visão para essas 2 distâncias;

  • Trifocal: proporciona independência visual para as distâncias longe, meia distância e perto;

  • Trifocal tórica: proporciona independência visual para as distâncias longe, meia distância e perto, além de ser ideal para quem tem astigmatismo e deseja melhorar sua visão para essas 3 distâncias.

Nosso Especialista
Portellinha (6).png

Dr. Waldir Portellinha
CRM-SP 25290 - RQE: 5445
Especialista em Cirurgia Refrativa,Cirurgia de Catarata e Córnea